quarta-feira, 27 de abril de 2011

Os Ásanas da Yoga


Os Ásanas da Yoga

Os Ásanas compõem a parte física da Yoga. Podemos dizer que são exercícios físicos que trabalham músculos, articulações, tendões, ativam glândulas e órgãos fazendo com que tudo em nosso corpo funcione em sincronia.


- Execução dos Ásanas:

  • Caso você tenha algum problema de saúde, consulte seu médico antes de tentar os exercícios.
  • Como você está fazendo os ásanas sem a supervisão de um professor de Yoga, execute-os com bastante suavidade e consciência. 
  • Caso sinta algum desconforto, encerre sua prática e procure um profissional qualificado.

  • Gestantes e mulheres em período menstrual não devem fazer a prática.
  • Mantenha a respiração sob controle. Durante os exercícios, ela deve ser profunda e ritmada.
  • Se não conseguir manter a respiração completa, procure ao menos raticar a respiração abdominal.
  • Os movimentos para cima são acompanhados por inspiração (ar entra, abdmone se projeta para fora) e os movimentos para baixo, por expiração (ar sai, abdomem se contrai para dentro).
  • Use roupas confortáveis e maleáveis que não prendam os movimentos como shorts, calça bailarina, camiseta, tops ou um agasalho de moleton para os dias mais frios.
  • Pratique descalço ou com meias/sapatilhas antiderrapantes, se for o caso.
  • Dê um espaço de, pelo menos, duas horas entre uma refeição e a prática de Yoga.
  • Pratique sobre um tapete que não escorregue - preferencialmente um tapete de EVA com grossura mínima de 0,5mm, ou tapete próprios para prática de atividades físicas (como cochonetes, etc). É importante que o piso seja macio mas ao mesmo tempo bastante firme.
  • Os ásanas são executados apenas uma vez para cada lado, compensando cada posição
  • A execução do ásana deve ser firme e de maneira confortável. Ponha atitude em sua prática!
  • Procure ficar no ásana por um bom tempo. A permanência é quesito básico para uma boa prática. Permaneça, ao menos, contando cinco respirações.
  • Após a prática, fique deitado alguns instantes e relaxe cada músculo, permitindo que seu corpo possa assimilar os benefícios dos ásanas.
  • Também é aconselhavel associar o final da prática dos ásanas com o relaxamento e a meditação.
-

2 comentários:

Christian disse...

Encontro com freqüência em blogs e sites listas de recomendações desse tipo. Eu mesmo já as utilizei, mas depois notei que há alguns riscos em compartilhar informações genéricas. Por exemplo:

1) Expirar para abaixar: em retroflexões geralmente é mais seguro inspirar.

2) 5 respirações de permanência: esta orientação só é útil para praticantes que dominaram a respiração completa.

Etc.

É natural que seja difícil praticar e ensinar hoje o yoga tal como era praticado e ensinado no passado -- apenas o mestre e o discípulo. Mas talvez possamos fazer algo pra abandonar os generalismos, por mais que a necessidade de ensinar grupos e o desejo de compartilhar informações sobre o yoga nos conduza a isso.

Anônimo disse...

gostaria e saber porque é q após o relaxamento, uma pessoa com dor ciática, esta, apenas se manifesta, qdo ela se vira para o lado esquerdo para a posição fetal?

Últimos Posts

Confira também:

Related Posts with Thumbnails